Futebol também foi feito pra Mulheres!


Certa vez, um amigo me questionou dizendo que eu não entendia nada sobre futebol, o que segundo ele era normal afinal, sou mulher.

Passei a acompanhar todos os noticiários esportivos e a “estudar” tudo sobre futebol nacional e internacionalmente. Analisei os grandes times brasileiros e descobri vários problemas, entre eles a má qualidade dá relação entre mídia-fubebol, pois 90% dos programas sobre esporte é basicamente uma “janela” de merchandising. Sem contar a violência das torcidas organizadas, e a corrupção envolvendo os dirigentes de futebol, entre outras mazelas.

A junção dessa minha análise “futebolística” com a minha paixão pela comunicação (oralidade e escrita) e aliado ao meu espírito de liderança, me fizeram perceber que eu poderia mudar a realidade dos programas esportivos e não apenas isso, atuar jornalisticamente em outras áreas.

Por isso, desde criança eu já tinha a certeza que seria jornalista, e a cada dia dentro da Universidade eu tenho mais convicção da minha decisão. Sei que tenho uma longa estrada pela frente, e sei também que minha determinação sempre se fará presente e que atingirei todos os meus objetivos.


Por Irislane Pacheco

2 comentários:

Andréa disse...

Irislane, o texto está interessante. Veja pequenos ajustes que eu coloquei de vermelho. Valeu.

Andréa disse...

Iris, não estou conseguindo fazer as alterações no próprio blog. Sugiro revisar o terceiro parágrafo. até mais